Pesquisar:

 

 

 

 

 

 

Criação e Desenvolvimento:

Medeiros Informática

  • Pós-graduação em Engenharia de Transportes
  • Instituto Militar de Engenharia

 

Materias de Construção e Concreto

  Este laboratório possui equipamentos necessários ao controle tecnológico dos diversos materiais empregados na construção civil, permitindo a avaliação: das características físicas e mecânicas de materiais como madeira, cimento, agregados, aço, concreto e de materiais compósitos, betuminosos e cerâmicos e do comportamento de elementos estruturais em escala reduzida, tais como pilares, vigas e fundações em concreto armado.

Os alunos da Seção de Engenharia de Fortificação e Construção utilizam o laboratório nos trabalhos complementares das diversas disciplinas de ensino, nas atividades de iniciação à pesquisa e projetos de fim de curso e de pós-graduação. Além destes, alunos de pós-graduação em engenharia de materiais do IME e de graduação e pós-graduação em engenharia civil de outras instituições de ensino, tais como UFRJ, UFF, UERJ, PUC-Rio, também desenvolvem trabalhos de pesquisa neste laboratório.

 

  Os principais equipamentos desse laboratório são três máquinas universais de ensaio e três prensas. Cinco destes equipamentos são da marca Amsler e uma máquina universal é da marca Contenco. Uma prensa tem capacidade de 60 kN e é utilizada para ensaios de corpos-de-prova de madeira, a segunda é de 30 kN, sendo utilizada para ensaios de argamassas, a terceira é de 5000 kN (sendo uma das poucas existentes no país) e é utilizada para a realização dos ensaios com concreto de alta resistência. As máquinas universais têm capacidade para 500kN (Amsler) e 1000kN (Contenco), sendo utilizadas para ensaios de tração, compressão, flexão e cisalhamento de diferentes materiais de construção. A máquina de 1000kN foi adquirida no fim do ano de 2008 com verba orçamentária do Exército, é computadorizada e servo-controlada. As máquinas de 500 kN e de 5000 kN citadas foram modernizadas ao longo do ano de 2009, com apoio financeiro da Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ) e têm acoplados sistemas de aquisição de dados e controle de carga por deslocamento.

 

  O laboratório é apoiado por empresas privadas, tais como Holcim Brasil (fornece cimento para concreto), MC Bauchemie Brasil (fornece adições e aditivos para concreto), Basf Construction Chemical Brasil (fornece adições e aditivos para concreto), Rogertec (fornece adesivos, aditivos e fibras), Maccaferri (fornece fibras de aço) e Cogumelo (fornece perfis e barras pultrudadas de material compósito de fibra de vidro e resina). Estas empresas doam materiais utilizados nos projetos de pesquisa desenvolvidos na linha de pesquisa Materiais e Estruturas para Infraestruturas de Transportes, entre outras.

 

  A reforma de modernização das instalações físicas do Laboratório de Materiais de Construção foi finalizada em 2009, o que permitiu a realização de ensaios preliminares físico-químicos de materiais e ensaios de compressão uniaxial, tração uniaxial e de flexão automatizados. Foi construída no ano de 2011 no laboratório uma laje de reação de 4,0 metros x 3,5 metros e atualmente estão sendo montados dois pórticos rígidos de aço para o ensaio de vigas, pilares e lajes em maior escala.