Pesquisar:

 

 

 

 

 

 

Criação e Desenvolvimento:

Medeiros Informática

  • Pós-graduação em Engenharia de Transportes
  • Instituto Militar de Engenharia

 

Solos

 

  O Laboratório de Solos dispõe de todos os equipamentos necessários à realização dos ensaios de caracterização completa, compactação, CBR, adensamento, permeabilidade, cisalhamento direto, compressão triaxial estático e compressão triaxial com carga repetida. A prensa do equipamento triaxial estático foi substituída por um modelo automatizado que permite a programação de ciclos de carga com velocidade controlada. Também o equipamento triaxial dinâmico tem permitido a realização de um grande número de estudos e pesquisas relativos ao comportamento resiliente de solos tropicais brasileiros utilizados em pavimentação rodoviária, principalmente na região amazônica. Um moderno sistema de aquisição de dados, com oito canais de entrada, células de carga, transdutores de pressão e LVDTs, permite a automatização da maioria dos equipamentos de ensaios convencionais. O equipamento de ensaios triaxiais dinâmicos também permite a avaliação automatizada da vida de fadiga de corpos-de-prova de misturas asfálticas. Este equipamento insere o IME no restrito rol de universidades que o possuem. Em 2007 foi realizada a automação de uma das prensas de adensamento, constando de transdutor de deslocamentos e sistema de aquisição de dados dedicado, além de um programa de monitoramento de leituras concebido especialmente para este tipo de ensaio. Além de atender a todas as necessidades do curso de graduação, o Laboratório de Solos tem proporcionado o desenvolvimento de pesquisas para várias teses de mestrado do curso de pós-graduação em Engenharia Transportes, cuja Linha de Pesquisa em Infraestrutura tem desenvolvido estudos sobre o comportamento resiliente de solos tropicais em pavimentação rodoviária, agregados artificiais de argila calcinada, comportamento de misturas asfálticas, entre outros.

 

  Em 2008, as obras de reforma e construção também se estenderam ao Laboratório de Solos. Nesta reforma foi adaptada uma sala isolada que passou a ser a sala de Ensaios à Temperatura Controlada, onde são realizados os ensaios de adensamento e pretende-se, em 2010, instalar equipamentos triaxiais com controle de temperatura.

 

  Além dos equipamentos disponíveis para os ensaios de laboratório, estão sendo adquiridos equipamentos para instrumentação e monitoramento de campo. Em final de 2009 foi adquirido um GPR (Ground Penetration Radar) e em 2011 novas antenas foram importadas. Em 2011, foi adquirida, com fundo de projeto técnico, uma leitora de fibra ótica, que permitiu a instalação de monitoramento com fibras óticas em instrumentação de campo associada a dissertação de mestrado. Também em 2012, foi adquirida uma sonda inclinométrica, com verba de projeto técnico.